Atualmente, os turistas brasileiros que planejam viajar para a Europa não precisam de visto de turista para quase todos os países do continente. A livre circulação ocorre devido ao Espaço Schengen, que não exige autorização prévia aos brasileiros.

 

Porém, esse sistema irá mudar a partir de 2021. O Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagens (ETIAS, em inglês) foi criado pela Comissão Europeia, e tem o objetivo de aumentar a segurança das fronteiras do espaço Schengen. Além de combater ao terrorismo.

 

07.1 Etias

 

O que vai mudar para os brasileiros?

O ETIAS é uma autorização eletrônica que valerá para todos os cidadãos que desejam entrar na Europa. O modelo é similar ao ‘ESTA’ dos Estados Unidos.

 

O novo sistema coletará dados dos viajantes antes de embarcarem, permitindo assim que a União Europeia determine se a presença daquele turista oferece ou não algum risco ao destino em questão.

 

Como solicitar a nova autorização de viagem?

Para se cadastrar, o viajante deve preencher um formulário online com dados pessoais, tais como: nome, sobrenome, local de nascimento, país, endereço, e-mail, telefone e os países que deseja visitar.

 

Também será necessário responder a um pequeno questionário sobre questões de segurança e de saúde, além de pagar uma taxa de processamento. É necessário ter um passaporte válido.

 

As informações serão analisadas. Caso não exista a necessidade de mais informações a respeito de turista, a permissão será concedida. O visto será emitido em questão de minutos. O ETIAS será válido por três anos e servirá para múltiplas entradas no velho continente.

 

O visto é destinado a 62 países que, atualmente, não precisavam de permissão para entrar na zona Schengen. O valor da taxa de emissão é 7 euros (cerca de 31 reais). Menores de 18 anos são isentos do pagamento.

 

A nova autorização não define se o turista entrará ou não no país, pois, além do visto, o viajante deverá passar pela imigração e ter a sua entrada aprovada. Contudo, uma vez que seja permitida a entrada, não será necessário passar novamente pelos controles ao circular pelos países europeus.

 

07.2 Etias

 

Quais países exigirão o ETIAS?

 

Ao todo, são 26 países que passarão a exigir o visto de entrada aos turistas. São eles: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça.

 

Apesar do Reino Unido ainda fazer parte da União Europeia, ele não é membro do Tratado de Schengen e, portanto, tem as suas próprias regras de entrada no país. Para saber mais, informe-se no Consulado.

 

Outros documentos necessários para a imigração, continuam sendo:

 

  • Passaporte com validade mínima de 6 meses
  • Seguro viagem de, pelo menos, 30 mil euros de cobertura
  • Ter passagem de volta comprada
  • Comprovante de hospedagem
  • Comprovação financeira
  • Documentos que comprovem o vínculo com o Brasil