A Avianca Holdings, responsável pela Avianca, Tampa Cargo, Aerogal e Taca, teve redução de 9,5% no transporte de passageiros em dezembro de 2019, em comparação com o mesmo mês de 2018. No mesmo período, a oferta de assentos caiu 8,1% e a taxa média de ocupação nos voos caiu para 80,8%, uma diferença de 1,2 ponto percentual.

A maior queda registrada pela empresa foi em voos internacionais com queda de 10% no transporte de passageiros. A oferta de assentos e a taxa média de ocupação dos voos também caíram. A primeira encolheu em 8% e a segunda obteve queda de 1,8 ponto percentual e ficou em 80,4%.

Já em voos domésticos, o transporte de passageiros e a oferta de assentos também reduziram, 8,5% e 7% respectivamente, mas a taxa de ocupação nos voos subiu 1,4 ponto percentual para 82,9%.