Melhores bairros para se hospedar em Santiago

Qual é a primeira coisa que você considera quando na hora de escolher um hotel quando você vai viajar? Se a resposta para a essa pergunta foi a localização, esse post é para você.

Santiago, capital do Chile, tem sido um destino cada vez mais escolhido pelos brasileiros. Perto de casa, acessível e com a língua bem parecida com a nossa, a cidade atrai muitos turistas do Brasil todos os anos que buscam a região pela sua grande variedade de opções.

A capital conta com uma cena cultural riquíssima, com museus e prédios históricos espalhados pela cidade, além de ótimos vinhos e uma culinária marcante. Com a chegada crescente de turistas, o que não falta é hotel na cidade. Mas, como saber quais são as melhores localizações de Santiago?

Vale dizer que Santiago é dividida em 26 distritos, ou comunas, sendo 11 fora da região central, mas ainda assim, dentro da área metropolitana. E é nesses distritos que ficam os bairros que compõem a capital. Cada um deles com suas características e peculiaridades. Então, qual delas escolher para se hospedar? Nós te contamos tudo abaixo. Confira!

 

Centro de Santiago

A região central de Santiago, também chamada de Santiago Central é também o Centro Histórico da cidade. A zona fica entre o rio Mapocho e a Alameda e foi onde a cidade começou a ser construída. É ali que fica a famosa Plaza de Armas, além de diversos prédios históricos e centros comerciais.

Plaza de Armas - Santiago
Plaza de Armas

Como todo centro de cidade, não é o local mais limpo, tranquilo e organizado mas, por outro lado, é a região mais próxima da maioria dos pontos turísticos da cidade, como a Catedral de Santiago, o Museu Histórico Nacional, a Prefeitura e o Edifício do Correio Central.

Vale lembrar ainda que o centro de Santiago costuma ficar mais vazio (quase deserto à noite) e por isso pode não ser a região mais segura da cidade.

 

Bellas Artes e Lastarria

A região é uma das mais procuradas por quem vem de fora. E não é à toa. O bairro possui uma infinidade de bares, restaurantes, cafés e lojinhas, tudo o que o turista gosta. Os bairros tem um charme e um toque europeu que atrai viajantes de todos os cantos. Além disso, há pontos turísticos bem próximos como o Parque Florestal, Mercado Central, La Vega, Pátio Bellavista e prédios do governo.

É por ali também que fica o Museo de Bellas Artes e também os novos Museo Arqueológico de Santiago e Museo de Artes Visuales, além do encantador Cerro Santa Lucía. Nos finais de semana, pintores e artistas de rua dão um charme a mais ao bairro.

Museo de Bellas Artes
Museo de Bellas Artes

Bellavista

Para quem curte a vida noturna, Bellavista é o bairro ideal. Conhecido por ser o centro boêmio de Santiago, o bairro tem muitos bares restaurantes e uma noite bem animada. Durante o dia, a região é calma, limpa e colorida graças aos inúmeros grafites espalhados pelos muros.

É lá que fica também uma das casas do poeta Pablo Neruda. A Casa Museo de La Chascona é imperdível.

 

Providencia

A Avenida Providencia, que dá nome ao bairro, é a principal avenida da cidade e corta a Santiago Central. É lá que ficam as lojas de grife, além de prédios e hotéis luxuosos e charmosas livrarias e cafés.

A Providencia é considerada por muitos o novo centro de Santiago. A região abriga  o Zoológico Metropolitano, o Teleférico e algumas redes de televisão e embaixadas.

Teleférico Santiago
Teleférico