Dicas de Orlando

Orlando é o paraíso do lazer, com diversão garantida para todas as idades. É o lugar ideal para uma viagem de família, de casal, de amigos ou qualquer outra opção em que o objetivo principal seja se divertir (e comprar!). E como em qualquer outra viagem, é sempre interessante conhecer previamente pelo menos um pouco do lugar, para fazer as melhores escolhas e não se sentir perdido. Pensando nisso, selecionamos as principais dicas de Orlando para quem sonha e planeja ir para esse amado destino.

Como chegar em Orlando

Inglês-dentro-do-avião-Conheça-as-palavras-e-frases-mais-usadas

Para quem sai do Brasil, a forma mais rápida de chegar é pegando um voo para o Aeroporto Internacional de Orlando, que está a cerca de 20 km de Downtown Orlando e da International Drive. Atualmente, muitas companhias aéreas fazem voos direto saindo de diferentes capitais. O aeroporto mais próximo da cidade, que também serve como uma opção de chegada, é o de Tampa (onde está localizado o parque Busch Gardens), a 130 km de Orlando.

Outra alternativa muito comum é chegar por Miami, que apesar de estar a 370 km de distância, já serve também como uma forma de incluir a cidade no roteiro e aproveitar para conhecer outros lugares da Flórida à caminho de Orlando.

Como se locomover em Orlando

É muito comum alugar carro em Orlando, pois os principais pontos são “espalhados” e distantes, por isso é a maneira mais cômoda e rápida. Mas também é totalmente possível se locomover sem carro e entre as principais opções de transporte, estão:

Taxi: apesar da alta disponibilidade e facilidade, é uma opção cara para ser utilizada em todos os trajetos. Além da gorjeta, que é praticamente “obrigatória” (caso não queira ser odiado pelo taxista).

Ônibus: todos os ônibus de Orlando são operados pela empresa Lynx, que oferece uma grande diversidade de linhas, sendo possível chegar à qualquer lugar da cidade. Entretanto, existem poucos pontos próximos dos parques e costuma ser um percurso bem longo dependendo de onde esteja hospedado. Um trajeto de 30 km, por exemplo, pode levar até 2 horas.

I-RIDE Trolley: essa opção é para quem quer circular pela International Drive, é um ônibus “disfarçado” de bondinho que opera seis linhas ao longo da avenida e possui centenas de paradas.

Quais são as regras e os documentos necessários para dirigir em Orlando?

A idade mínima para que o turista possa dirigir nos Estados Unidos é de 21 anos, e quem tiver menos de 25 anos ainda está sujeito a pagar uma tarifa chamada “under age”, um tipo de taxa de risco por condutor jovem, mas essa regra varia de acordo com cada locadora.

Para conduzir um veículo em Orlando não é necessário ter a PID, Permissão Internacional para Dirigir, mas é imprescindível estar com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), portanto, confira a validade com antecedência.

Na hora de alugar o carro é preciso apresentar um cartão de crédito internacional que esteja no nome do condutor principal, para que seja feito um depósito caução.

Documentos necessários para viajar para Orlando

Passaporte_Mercosul

O passo mais importante do planejamento de uma viagem para os Estados Unidos é estar com os documentos em dia. Para entrar em território americano é necessário ter passaporte e visto.

Passaporte: essa é a parte mais fácil, basta solicitar o passaporte através do site da Polícia Federal, preencher todos os dados e documentos necessários, pagar a taxa para emissão e agendar o atendimento.

Visto: já com o passaporte em mãos, entre no site da embaixada e consulados dos Estados Unidos no Brasil, escolha o tipo de visto que deseja solicitar (visto de turismo se for só para passar férias), preencha cuidadosamente o formulário DS-160, pague a taxa de solicitação de visto (valor cobrado em dólar), agende a entrevista, separe todos os documentos necessários para esse momento (veja no site quais são) e compareça ao local na data marcada e sem atrasos.

Obs.: não deixe de levar para a entrevista documentos que comprovem vínculos com o Brasil, como carteira de trabalho, declaração de cursos, imposto de renda, extratos bancários, certidão de casamento, escritura de algum imóvel, etc.

Não queira fazer tudo, selecione o principal!

Para finalizar, uma dica de ouro para quando você já estiver em Orlando: não queira fazer tudo que a cidade oferece. Se você colocar na ponta do lápis são mais de 10 parques, além de diferentes centros de entretenimento, muitos shoppings, lojas de rua, outlets… ou seja, impossível conseguir fazer tudo de maneira tranquila e prazerosa, pois apesar de não ser o destino mais relaxante, a viagem também não precisa ser tão cansativa. Portanto, dentre tantas opções, prefira escolher aquilo que mais te interessa e defina o que tem mais valor para o seu roteiro. Melhor conhecer com calma e conseguir curtir, do que correr demais para eliminar todos os itens da lista.

01 Banner E-book Guia de Férias (1)