O que fazer em Miami em 3 dias é muito relativo, pois a cidade abrange os mais diversos tipos de atrações, então a escolha do roteiro vai depender das preferências e interesses de cada viajante. Mas pensando em um apanhado geral, criamos uma programação com os principais pontos que não podem ser deixados de lado mesmo em uma visita rápida.

  • Dia 1

A sugestão é começar por Miami Beach (que é uma grande ilha anexada à cidade de Miami), mais especificamente em South Beach, o local mais característico da cidade, com a atmosfera turística e todos aqueles cenários vistos nos filmes americanos.

Manhã: Curtir a praia, caminhar ou alugar uma bicicleta para andar pelo calçadão é uma ótima maneira de começar o roteiro em South Beach.

Depois vá passear pela Ocean Drive – uma avenida de frente para a praia com diversas opções de lojas, bares, restaurantes e baladas – e escolha um local para almoçar.

Tarde: Após passar pela Ocean Drive, siga para o Art Deco Historic District para conhecer mais um pouco dos edifícios de Miami Beach que ainda preservam o estilo arquitetônico Art Deco, famoso entre os anos 20 e 40 e que hoje são considerados “retrô”.

Ainda conhecendo o melhor de Miami Beach, vá para a Lincoln Road, uma rua com uma boa parte do calçadão dedicada somente aos pedestres, recheada de galerias de arte, cafés, restaurantes e muitas lojas. O local perfeito e agradável para “se perder” durante horas.

Noite: Saindo da Lincoln Road dê uma passada na Española Way, uma rua que representa um pedacinho da Espanha. Durante a noite o clima por lá é mais agitado, aproveite para comer umas tapas (aperitivos espanhóis) e curtir um pouco do movimento nos bares e restaurantes.

Se ainda tiver disposição, vale conhecer um pouco da noite de Miami Beach. Basta escolher uma das famosas casas noturnas ou bares com música ao vivo de South Beach (Dica: os principais ficam na Ocean Drive).

  • Dia 2

No segundo dia, a sugestão é se dedicar à Miami e algumas de suas opções culturais.

Manhã: comece o dia explorando a arte de rua de Wynwood, um bairro de Miami diferente de qualquer outro, com diversas galerias de arte, entre elas, a principal: Wynwood Walls, com muros pintados e grafitados por diferentes artistas renomados.

Depois de conhecer o bairro, sua arte e seus charmosos cafés, siga para o BaySide Marketplace, uma marina e centro de compras em Downtown. É um ótimo – e bonito – lugar para passear e com boas opções de restaurante para o almoço.

Tarde: dedique sua tarde a andar por Downtown Miami, o centro financeiro, empresarial e cultural da cidade. Ande com calma por suas ruas (Dica: na Flager St é onde se concentram as melhores lojas) e utilize o metromover – um transporte sobre trilho – que leva os passageiros aos principais lugares do centro.

Para curtir o fim da tarde, a indicação é seguir até o bairro Coconut Grove, a 20 minutos de Downtown. É uma região repleta de parques, jardins, ruas arborizadas, cafés, bares e um ar boêmio. Vá para a marina assistir o pôr do sol e depois siga para o Cocowalk, um centro comercial bem agradável para passear.

Noite: ainda no clima cultural, aproveite a noite para assistir um espetáculo de dança, teatro ou musical no Adrienne Arsht Center, ou vá a algum jogo de basquete da NBA na American Airlines Arena, ambos em Downtown.

Dica: fique de olho nas programações dos espetáculos e jogos quando estiver planejando a viagem.

  • Dia 3

Como a maioria das pessoas que vão a Miami não querem perder a oportunidade de fazer compras, sugerimos que o terceiro dia do roteiro seja dedicado a isso.

Se o objetivo for ir ao melhor e maior outlet, vá para o Sawgrass Mills, que está a 70 km de Miami, em Fort Lauderdale. Não precisamos nem mencionar que você gastará todo o seu dia por lá, né? (E mesmo assim será pouco tempo!).

Caso não queira sair de Miami, divida seu dia entre os principais locais para compras: o Dolphin Mall, um shopping que reúne mais de 240 lojas outlet e tradicionais, e o Aventura Mall, um dos mais bonitos da cidade e com mais de 300 lojas.

Mas é claro que as opções vão muito além dessas! Miami é – de fato – o paraíso para os consumistas de plantão, todos os bairros e ruas possuem infinidades de lojas, shoppings e centros comerciais (Para uma ajudinha extra, siga algumas dicas: Compras em Miami).