Além do seu mar paradisíaco, Miami também é o paraíso das compras. Quem nunca pensou em ir para lá aproveitar as super ofertas dos outlets que atire a primeira pedra! Mesmo com a economia balançada e com a alta do dólar, a cidade continua tendo um lugar especial na programação dos viajantes consumistas.

Após incluir no roteiro os principais centros comerciais, outlets e shoppings, existem algumas dicas indispensáveis para tornar esse momento mais agradável e obter mais vantagens na hora das compras:

  • Se o objetivo é comprar muito no mesmo dia (ou local), alugue um carrinho de compras ou leve uma mala de rodinhas para facilitar o transporte. Além disso, evite ir guardando as compras no carro, pois apesar de estar em um país mais seguro, há muitos registros desse tipo de furto.
  • Antes de ir às compras, tenha em mãos a tabela de conversão de tamanhos das roupas e calçados, assim saberá quais são os números correspondentes aos seus, isso evita perder muito tempo procurando e experimentando. Há algumas variações de acordo com a marca, mas se você já tiver – pelo menos – ideia do que cabe ou não, facilita as escolhas.
  • Para economizar tempo e paciência na hora de experimentar, evite utilizar roupas complicadas de vestir e opte sempre por sapatos confortáveis, pois se tem uma coisa que você vai fazer em um dia de compras, é andar.
  • Se não tiver tempo disponível para pesquisar e procurar tudo que deseja, compre pela internet e peça para entregar no endereço em que estiver hospedado. Mas lembre-se de conferir se o lugar recebe esse tipo de encomenda e se o prazo está dentro do período da sua estadia.
  • Nos EUA é comum as lojas disponibilizarem cupons de desconto, sendo assim, entre no site do próprio outlet, imprima os cupons ou apresente-os no pelo celular na hora da compra. Cadastre-se também no site das próprias lojas e receba cupons por email.
  • Ao chegar nos outlets, procure o balcão central de atendimento, pois geralmente também disponibilizam catálogos com descontos exclusivos para os clientes.
  • Para não ter a frustração de comprar algo e depois encontrar o mesmo produto por um preço mais baixo, vá primeiro aos outlets e depois aos shoppings.
  • Assim como no Brasil, é normal que as peças entrem em promoção após o fim da estação. Nos EUA, a coleção de inverno tem queda de preços em Março e Abril, e a coleção de verão de Agosto a Outubro.
  • A melhor forma de otimizar suas compras é alugar um carro durante a viagem, além da facilidade de poder carregar tudo, os lugares são um pouco afastados, principalmente o Sawgrass Mills Outlet, considerado o melhor da região.
  • Para encontrar preços ainda mais baixos, sempre procure a área de queima de estoque das lojas. Se você deseja um produto muito específico, faça uma pesquisa prévia pelo site das lojas, assim poderá saber onde encontrar e fazer comparações de preços antes mesmo de ir até lá.
  • Ao chegar nos outlets e shoppings, procure o mapa na entrada para poder saber onde estão as lojas que você deseja ir e crie uma rota de compras.
  • Se você nunca foi à um grande outlet, não se assuste com o tamanho e nem ache que conseguirá visitar todas as lojas em apenas um dia. São muitas lojas e cada uma é “mundo particular”, você entra, mergulha na quantidade de opções e perde a noção de tempo. Dessa maneira, seja objetivo: dê sempre prioridade às que já estavam no seu roteiro.
  • É inevitável ficar com o lado consumista aguçado diante de tantas opções, mas faça compras conscientes, não compre o que não precisa ou o que não terá utilidade apenas porque está barato.
  • Já ouviu a frase “Quem converte não se diverte”? Ela até pode ser verdadeira no que se refere à entretenimento, alimentação e atrações turísticas, mas na hora das compras, ignore-a. Muitos produtos realmente são bem mais baratos do que no Brasil, mas há exceções, é necessário avaliar se está fazendo uma compra inteligente ou se só está agindo por impulso. Existem determinados produtos que você não compraria aqui, mas como está lá e com um preço “especial””, é capaz que compre (e depois se arrependa).
  • Se você for fazer compras acompanhado, é interessante que nesse momento cada um seja livre para fazer a rota que desejar, mas que todos estejam com celular, para o caso de desencontros. Outra alternativa é marcar um lugar e um horário específico para que todos se encontrem. São centenas de lojas e objetivos diferentes, não dá para querer andar em grupo nesse momento.