Buenos Aires não é o melhor destino para quem quer viajar exclusivamente para fazer compras, não se pode apenas analisar a cotação do peso argentino em relação ao real. A realidade é que a inflação na Argentina atinge atualmente um dos seus maiores índices, e pela alta do dólar e desvalorização do peso, o preço de produtos e serviços sobe consideravelmente.

Mas ainda assim, existem alguns itens que valem a pena se comparados aos preços no Brasil. E como todo viajante que se preze, o interessante é buscar por produtos que sejam culturalmente característicos da região. Na Argentina, os vinhos, doces de leite, alfajores e itens de couro são, sem dúvidas, as melhores pedidas. Separamos algumas dicas de lugares e marcas para você incluir no seu roteiro e na lista de compras.

Os melhores lugares para fazer compras em Buenos Aires

Villa Crespo

A Villa Crespo, localizada perto de Palermo SoHo, é um dos lugares que os brasileiros mais procuram para fazer compras. Há uma enorme variedade de Outlets, mas é bom ter paciência e olhar tudo com calma, porque na maioria das vezes, além de expor coleções passadas, também colocam à venda produtos com algumas falhas e defeitos.

A Calle Aguirre é a principal rua da Villa Crespo, onde estão as melhores marcas. O ponto forte é a esquina dela com a Calle Gurruchaga. Mas não deixe de andar também pelas Calles Serrano, Loyola, Acevedo e Avenida Corrientes.

Dica: para ir de metrô, pegue a linha B – vermelha, e desça na estação Malábia.

Avenida Córdoba

Avenida Cordoba

A Avenida Córdoba tem quase 1km de extensão, uma infinidade de lojas e Outlets, mas o seu forte não são as marcas famosas internacionalmente, e sim as nacionais. A avenida fica perto da Calle Aguirre, e é uma boa chance de você conhecer as marcas e produtos argentinos.

Calle Florida

A Calle Florida é no centro de Buenos Aires, uma das ruas mais visitadas pelos turistas. Tem um calçadão só para pedestres, com lojas de todos os tipos e para todos os gostos. Nessa mesma rua está também, o charmoso shopping Galerias Pacífico, que conta com uma infinidade de lojas.

Feira de San Telmo

A tradição do bairro de San Telmo se mantém também no seu comércio. A feira de antiguidades é um dos locais mais turísticos de Buenos Aires, acontece aos domingos, de 10h às 17h, na Praça Dorrego. A feira reúne todos os tipos de produtos e é ideal para quem quer sair do comum e comprar algo mais característico da região.

Dica: para ir de metrô, desça na estação Independência e caminhe pela. Av. Estados Unidos.

Esses são os lugares mais abrangentes e interessantes se o objetivo for comprar, mas a lista não para por aí. Se ainda assim, quiser mais opções, vá à Avenida Avellaneda, Avenida Nasca, Avenida Forest, Plaza Once, à feira urbana da Plaza Serrano, ao shopping Alto Palermo, DOT Mall e ao Shopping Uni-Center.

Dica: para quem procura por cosméticos e itens de beleza, não deixe de ir à FarmaCity, uma rede de farmácia que reúne as melhores marcas do mercado com preços acessíveis.

Os melhores produtos para comprar em Buenos Aires

Vinhos

A Argentina é o sexto maior produtor de vinhos do mundo e, por esse fator, os preços são ainda mais atraentes. O sabor e a qualidade dos vinhos são conhecidos internacionalmente. Em qualquer loja ou mercado é possível achar uma gama enorme de variedades e valores, mas separamos algumas opções para te dar uma ajudinha.

Dica: Não deixe de conferir a quantidade de bebida permitida na bagagem de voos internacionais, e tome todos os cuidados possíveis ao armazenar.

Lo de Joaquin Alberdi: uma casa especializada em vinhos, onde você terá a chance de ser atendido pelo próprio dono, Joaquin. A adega oferece degustações em alguns dias da semana e em horários específicos, se tiver interesse em participar, acesse o site (Jorge Luis Borges 1772, Palermo, CABA).

El Mercado del Vino: um casarão típico, decorado com madeira de barris de carvalho, com uma variedade incontestável de vinhos, enólogo à sua disposição e degustações (Av. Angel Gallardo 500 | Gorriti 4954, Palermo).

Winery: é uma das lojas mais especializadas da cidade, com ótimos rótulos e uma boa relação custo/benefício. Além de vender também outras bebidas. Existem mais de 10 unidades espalhadas por Buenos Aires, procure os endereços no site.

La Cava de Vittorio: uma casa de vinhos diferente em todos os aspectos. Fica em lugar escondidinho na Recoleta, no subsolo, e sua especialidade são os vinhos pouco conhecidos, de pequenos e médios produtores, porém, de altíssima qualidade. E o que não falta é variedade, são mais de 650 rótulos (Arenales 2321, 1124 CABA).

Frappé: tem preços bem acessíveis, assessoria especializada e vende também, outros tipos de bebidas e acessórios. Atualmente, conta com nove lojas em Buenos Aires, veja as localizações.

Grand Cru: essa é a casa de vinhos ideal para quem entende do assunto e busca por raridades e por vinhos argentinos com as melhores pontuações internacionais, além de desfrutar de um ambiente refinado e com atendimento de primeiro nível (Rodríguez Peña 1886, CABA).

Doce de leite argentino

Voltar para casa sem ao menos um pote de doce de leite argentino é um pecado imperdoável. Dificilmente você vai errar na escolha, já que a maioria é uma delícia, até as mais baratas. Mas, para garantir, fizemos uma lista com as marcas mais comentadas pelo público.

La Sereníssima: sabe aquela história de quem vê cara não vê coração? Cabe totalmente na definição dessa marca. A embalagem é simples e não é das mais atrativas, mas o doce de leite é tradicional, delicioso e barato. É possível encontrar em qualquer supermercado. Possui três variedades, mas o mais aclamado é o Estilo Colonial.

San Isidro Labrador: está entre os melhores do ranking, produzido pela rede de sorveterias Munchis, com o leite de vacas da raça Jersey. É um doce de leite denso, muito cremoso e escuro.

Chimbote: doce de leite artesanal, claro e suave. É uma das marcas mais antigas e entra na categoria premium.

Campo Quijano: segue as mesmas características do Chimbote, artesanal e suave, feito com leite recém-ordenhado, mas é mais difícil de encontrar. Se por acaso você ver, não deixe para trás.

Havanna: por aqui a marca é mais conhecida pelos seus alfajores, mas também faz doces de leite com excelência. A consistência é mais opaca e com uma textura um pouco mais dura.

San Ignacio: a versão clássica do seu doce de leite é cremosa e suave, mas seu diferencial está nas variedades, como por exemplo, a versão com banana e chocolate.

Alfajor

Além dos maravilhosos doces de leite, se tem uma coisa que os argentinos sabem fazer, é o alfajor. São inúmeras marcas, mas elegemos as melhores para que você não volte de viagem sem essa deliciosa lembrança.

Dica: não deixe de provar também os alfajores caseiros, normalmente vendidos em alguns cafés e confeitarias da cidade.

Cachafaz: sem dúvidas é o mais amado do público, tem variados sabores, a massa é macia e não esfarela, a cobertura é saborosa e crocante, e o recheio é farto. É fácil de encontrar em supermercados e lojas, mas é uma das opções mais caras.

Havanna: esse não precisa nem de muita propaganda, já que é o mais conhecido no Brasil. Mas na Argentina ele também está entre os melhores e com muitas variedades de sabor. Não deixe de experimentar também os Havanetes, cones de doce de leite cobertos com chocolate.

Havanna

Abuela Goye: a produção é mais artesanal e briga pela posição do ranking de melhor alfajor, que é originalmente de Bariloche. É possível encontrá-lo nas próprias lojas e quiosques da marca, que estão em diversos lugares de Buenos Aires.

Vauquita: essa opção é para os amantes de doce de leite, sem dúvidas é o alfajor mais recheado que você vai encontrar. O preço é acessível e é fácil encontrar em lojinhas de conveniência e supermercados.

Jorgito: é uma das marcas mais tradicionais e antigas, mas continua com força total no mercado. Tem diferentes sabores e tamanhos.

My Urban: entra na categoria de alfajor premium, assim como o Cachafaz. Vale a pena experimentar!

Couro

Para quem gosta de produtos de couro, os preços realmente valem a pena, porque você compra direto dos fabricantes. O principal local para esse tipo de compra é a Calle Murillo, perto da Villa Crespo. São três quarteirões repletos somente de lojas especializadas.

Dica: para obter mais descontos escolha comprar em dinheiro.