Por estar na região central do país, ser a capital e ter um aeroporto internacional de grande porte, Brasília é um dos lugares que mais recebe e realiza escala de voos, e muitas vezes essas paradas são de longa espera. Para não ficar plantado dentro do aeroporto durante horas, que tal dar uma volta?

Brasília é uma cidade nova e totalmente planejada pelo urbanista Lúcio Costa, tem um plano arquitetônico diferente de tudo que você já viu. Rapidamente já é possível identificar suas inusitadas particularidades. Por ser espaçosa, os bairros e pontos turísticos ficam relativamente afastados um do outro, mas em poucas horas de escala já dá para conhecer a principal parte.

Pontos Turísticos

Na área central se concentra a maioria dos órgãos públicos e monumentos arquitetônicos, entre eles a Praça dos Três Poderes, Esplanada dos Ministérios, Catedral, Museu Nacional, Torre de TV, Estádio Mané Garrincha, chegando até o Museu Juscelino Kubitscheck, todos no Eixo Monumental. Entretanto, não se engane, são relativamente próximos, mas não dá para conhecê-los a pé.

Na Praça dos Três Poderes estão o Supremo Tribunal Federal, o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional, todos planejados por Oscar Niemeyer, e mais alguns monumentos e esculturas. Saindo da praça e subindo pelo eixo, está a Esplanada, composta por 17 Ministérios do Governo Federal e pelo Palácio do Itamaraty. Logo à frente, a Catedral de Brasília, o primeiro monumento da capital a ser criado, e em seguida, o Museu Nacional.

Ainda na mesma região, mais à frente, está a Torre de TV, uma torre de transmissão com 244 metros de altura. É possível subir no mirante, que fica a 75 metros da base, e ter uma visão privilegiada de grande parte do Plano Piloto. Depois, vem o Estádio Nacional de Brasília, o Mané Garrincha, o segundo maior do Brasil, ficando atrás somente do Maracanã. E um pouco mais distante, está um dos últimos pontos turísticos do eixo, o Museu Juscelino Kubitscheck.

Claro que em pouco não dá para conhecer detalhadamente e explorar cada um desses lugares, mas se você estiver de taxi, Uber, ou contratar algum serviço de transporte, em 2h – no máximo – é possível fazer esse percurso.

Pontão do Lago Sul e Ponte JK

Saindo um pouco da rota tradicional turística, também é possível aproveitar o tempo de escala para relaxar à beira do Lago Paranoá. Para explorar um pouco mais o lugar, comece o trajeto pela Ponte JK, uma das três pontes que atravessam o lago, é a mais nova e mais bonita. Depois, siga para o Pontão do Lago Sul, um centro de lazer, com orla, deque, uma linda vista e boas opções de restaurantes e bares.

Além dessas opções para usufruir do período disponível, Brasília também tem muitos restaurantes bons, que ficam espalhados por vários pontos da cidade, e muitos shoppings.

Dica: calcule bem o tempo até o aeroporto e leve em consideração os horários de pico da cidade, para evitar qualquer atraso.