Tirar férias ou mesmo se deparar com aquele feriado prolongado no calendário pode ser uma ótima oportunidade para viajar. Conhecer um destino diferente e respirar novos ares é fundamental para relaxar, recarregar as energias e retomar a rotina com força total! Mas como escolher esse destino?

Se você é do time de pessoas que sempre ficam em dúvida na hora de escolher um local para visitar, veja a seguir alguns passos que poderão lhe ajudar nessa agradável, mas difícil, missão!

• Quem irá viajar?

Você quer se aventurar sozinho, fazer um passeio com seu grupo de amigos, viver uma experiência com a sua família ou apostar em uma viagem romântica? O primeiro passo para escolher o destino é definir quem está indo viajar.

Por exemplo: destinos caracterizados por serem mais românticos seriam excelentes para visitar com o seu amor, mas podem deixar a desejar se você está embarcando com amigos.

• Que tipo de atividade você quer fazer?

O segundo passo é saber o que você e as pessoas que vão viajar querem fazer. A ideia é curtir uma praia? Entrar em contato com a natureza? Visitar atrações históricas e culturais? Curtir festas noturnas?

É verdade que uma mesma cidade oferece muitas opções de lazer, mas provavelmente ela será mais forte em um quesito. Então, é importante definir o que todos esperam do passeio que está por vir!

Se a ideia é fazer uma viagem mais cultural e histórica com a família, a cidade de Ouro Preto, em Minas Gerais, é uma boa pedida. Se você quer vivenciar algo mais excêntrico com o seu grupo de amigos, pode procurar destinos asiáticos, e assim por diante.

• Qual é o orçamento?

Este é um detalhe muito importante! Quanto de dinheiro existe disponível para essa viagem? A ideia é pagar tudo à vista ou parcelar as passagens e hospedagens?

Para não se endividar, saiba de antemão quanto você quer e pode gastar. É possível fazer viagens incríveis sem comprometer o orçamento.

Aqui, vale um alerta: em alguns casos, sair do país é mais barato do que visitar destinos brasileiros, sabia disso? Então, não ache que deixar de cruzar a fronteira é a melhor maneira de economizar.

• Atenção para a época do ano

A data da viagem também pode lhe ajudar a escolher um bom destino! Por exemplo: se o passeio acontecerá em dezembro, vale a pena saber que a cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul, conta com uma programação de Natal incrível, especialmente interessante para quem viaja com a família!

Se a viagem será feita no inverno e você quer fazer atividades na neve, pode se programar para ir ao Chile, por exemplo.

Considerar a época do ano também ajuda a evitar determinados locais, caso o objetivo seja fugir da agitação. Depois de atender todos esses passos, automaticamente você terá delineado o perfil da viagem que pretende fazer.

Se, mesmo assim, estiver difícil escolher um destino específico, peça ajuda para uma agência de turismo! Além de vender pacotes, os profissionais também podem fazer boas indicações!